Bons hábitos financeiros

Olá leitor!

Esperamos que esteja gostando das dicas contidas em nossos artigos… Desta vez traremos aqui algumas dicas voltadas ao controle financeiro, para tentar lhe ajudar a gerenciar melhor seus gastos e conseguir saber exatamente onde seu dinheiro está sendo gasto…pode parecer bobagem mas esse é sem dúvida o primeiro e mais importante passo para uma boa saúde financeira.

Planilhas de gastos

Essa dica já é bem batida, mas não deixa de ser uma boa!
Como nós dissemos em artigos anteriores, existem muitas formas de pagamento no mercado e cada uma delas tem seus benefícios e malefícios.

O maior beneficio de algumas é justamente um maior prazo para pagamento. Mas quando nós negligenciamos o nosso controle financeiro fica MUITO mais difícil prever os gastos e reservar a quantia certa  para esses pagamentos.

Por exemplo: Mês passado você efetuou uma compra de 500 reais em cheque, se você não gerenciar corretamente seus gastos este mês pode se esquecer de separar este valor para cobrir o cheque e ter esse cheque devolvido por falta de fundos!

Não é vergonha alguma gerenciar os gastos…ter uma planilha bem organizada incluindo gastos com: talão de cheque, cartão de crédito, boletos à vencer, mensalidades fixas, etc…

Seria prudente de sua parte também incluir nesta planilha valores de imprevistos e também o seus lucros…pois assim você saberá com antecedência se este mês fechará no azul ou no vermelho!

Aplicativos de celular

Esta é uma ótima forma de controlar os gastos…
Diferentemente da planilha, os aplicativos estão a todo momento com você, sendo que você tem muito mais facilidade de atualiza-los do que sua planilha.

Acredito que um não substitui o outro mas se complementam perfeitamente!
A planilha pode ser alimentada uma vez por semana e o aplicativo servirá muito bem para registrar gastos diários que no fim do mês terão um grande impacto!

Imagine que hoje você saiu de casa, abasteceu seu carro, pagou o pedágio, o estacionamento, almoçou fora e na volta do trabalho passou no super mercado. Se você não cuidar dos seus gastos, poderá facilmente esquecer destes pequenos gastos…mas eles são tão recorrentes que terão um grande impacto no seu orçamento ao longo do mês.

Se você gerencia-los com seu aplicativo, será possível até mesmo estabelecer um teto para gastos diários ou semanal, não permitindo com que esses gastos sejam um problema!

Veja o vídeo abaixo e entenda melhor o artigo!

Diferentes linhas de Crédito – Qual e quando usar?

Infelizmente o brasileiro está longe de ser um povo bem informado financeiramente…

E não estamos falando sobre o investimento em ações ou aplicações em fundos de investimento, estamos falando sobre identificar boas linhas de crédito ou escolher onde guardar um dinheiro extra.

Uma das primeiras coisas que devemos saber sobre finanças, é como identificar boas linhas de crédito, e é justamente sobre isso que falaremos neste artigo.

O que são linhas de crédito?

Linhas de crédito nada são do que formas de empréstimos…
E empréstimos por sua vez se referem a qualquer valor utilizada de alguma instituição financeira sendo de forma automática ou não.

Exemplo: Muitas pessoas hoje acreditam que não possuem empréstimo, mas o simples fato de estarmos com saldo negativo em nossa conta bancária já constitui um empréstimo!
Pois aquele valor que gastamos a mais será onerado posteriormente…

Sendo assim vamos avaliar aqui algumas linhas de crédito, justamente para não sermos pegos por algumas armadilhas bancárias tão comuns no Brasil.

Limite bancário (ou também conhecido como cheque-especial)

Este é sem dúvida um dos maiores vilões!
Por mais que o cheque especial possa nos ajudar em algum imprevisto, a sua disponibilidade e suas altas taxas de juros são sempre um grande risco!

Isso porque cheque-especial é uma das linhas de crédito com o maior juros do Brasil!
Girando em torno de 10 à 14%

Ou seja, se nós gastamos 1000 reais do nosso limite bancário, no fim do mês nós pagaremos em torno de 100-140 reais só de juros!

Então tenha o limite bancário como um inimigo e prefira sempre ter uma reserva de emergência e não contar com o limite! Claro, se houve um imprevisto e você não teve escolha, a saída é contratar uma outra linha de crédito com taxas de juros mais baixas para quitar o valor que você deve!

Cartão de crédito

Essa é outra faca de dois gumes!
Hoje em dia o cartão de crédito é responsável por quase a metade de todas as compras realizadas.
E mesmo assim ainda tem MUITA gente que não o usa da maneira correta…
O cartão de crédito é um excelente aliado da praticidade e pode nos ajudar muito no controle dos gastos e a postergar um pagamento para uma data em que teremos o valor para pagar.

Na hora de gastar, tenha sempre em mente que você deverá pagar o valor total da fatura e JAMAIS pagar o valor mínimo!

Pois é nesse valor que o juros será cobrado…

Então, quais as melhores linhas de crédito do mercado atualmente?

Abaixo nós deixamos um rápido vídeo que irá explicar mais um pouco sobre o conceito de empréstimo e irá mencionar boas linhas de crédito que servirão como ótimas alternativas caso esteja endividado com o cartão de crédito ou o limite bancário!

 

 

O uso do Crédito em Tempos de Crise

Desde 2009 o Brasil vem arrastando com a barriga sua situação financeira…
Enquanto alguns acreditavam que estávamos indo muito bem apesar da crise internacional, outros já sabiam que era só uma questão de tempo até que a crise nos atingisse em cheio.

E não deu outra! A irresponsabilidade fiscal e a incompetência do governo em manobrar a situação, nos jogou em uma das maiores crises financeira da história do Brasil. Atitudes que visavam a preservação da popularidade governista como: A baixa no valor da conta de luz e a retenção do preço dos combustíveis foram, entre outros, os maiores causadores do desequilibro econômico.

E nessas horas difíceis, uma das consequenciais mais comuns é o endividamento familiar.
O povo brasileiro infelizmente não é capacitado para lhe dar com um tempo de turbulência da economia…Nunca nos foi ensinado matemática financeira ou planejamento orçamentário familiar, então ao menor sinal de desequilíbrio da economia o brasileiro vê seus planos irem pelo ralo. Muitos recorrem ao crédito (empréstimos) para sanarem as suas dívidas e organizar as contas…
Em muitos casos esse realmente é o melhor caminho, mas nem sempre!

O que você precisa ter em mente na hora de contratar um empréstimo, não é simplesmente se a parcela cabe no seu bolso…mas sim a taxa de juros deste empréstimo, pois isso é o que vai impactar diretamente no valor final que será pago! O microcrédito.com.br deseja que você escolha de forma inteligente o seu empréstimo, que ele seja uma fonte de tranquilidade e equilíbrio financeiro para sua família…e não que se veja ainda mais endividado por causa dele.

Abaixo nós deixaremos um vídeo que fala justamente sobre a questão do empréstimo e suas armadilhas…

Acompanhe nossos posts futuros e saiba mais a respeito de educação financeira e maneiras eficazes de aumentar a renda de forma efetiva!